Notícias

QREN / Candidaturas ao Provere no Algarve foram entregues ontem

Os 4 programas foram apresentados pela Almargem, Odiana, Portimão Urbis e Federação de Caçadores do Algarve, têm incidência nas áreas menos povoadas da região designadas como Baixa Densidade e envolvem cerca de uma centena de promotores de iniciativas individuais entre entidades públicas e promotores privados.

Nesta fase está em causa a atribuição de uma credenciação como Estratégia de Eficiência Colectiva a cada um dos Programas de Acção apresentados, a qual permitirá que os projectos, que integram estes Programas, venham a ter prioridade de financiamento nos vários instrumentos do QREN (2007 – 2013).

As tipologias dos projectos, a grande maioria dos quais apresentados por privados, vão desde a construção de cais de ancoragem que irão alavancar o investimento dos resorts turísticos ao longo do Guadiana, o desassoreamento do rio, a promoção de novas unidades de turismo rural, ecoturismo, cinegética, valorização ambiental, animação, formação e promoção do Algarve Rural e das actividades tradicionais. Um dos projectos apresentados pretende desenvolver um “cluster” do cinema e actividades audiovisuais na área de Portimão.

As propostas envolvem cerca de 450 projectos individuais e ascendem a montantes totais de investimento (público e privado) na ordem dos 4.000 milhões de euros.

Recorde-se que o anterior QCA 2000 – 2006 a Baixa Densidade e o Interior do Algarve beneficiaram de significativos investimentos comunitários no âmbito do Plano Estratégico de Baixa Densidade do PROALGARVE.

Última modificação: 
Sexta, 25 Outubro 2013