Notícias

PROAlgarve debate Formação Profissional

A Comissão de Acompanhamento do Programa Operacional da Região do Algarve
(PROAlgarve) reuniu pela quarta vez no dia 24 de Junho na Escola de Hotelaria e
Turismo do Algarve (EHTA), em Faro.

Para além dos 80 membros efectivos que integram a Comissão
de Acompanhamento, dos membros da Gestão do QCA III, os
trabalhos foram também acompanhados por representantes da Comissão Europeia,
nomeadamente pelo director da D.G. Regio, Dicarpegna.

A formação profissional esteve em destaque. O tema foi analisado a partir de
diferentes pontos de vista e contou com três importantes intervenções. António
Goulart de Medeiros, em representação da CGTP-IN, frisou a necessidade de uma
maior organização informativa para uma análise mais rigorosa e, consequentemente,
uma intervenção mais eficaz no âmbito da formação profissional.

Elidérico Viegas, presidente da AHETA, fez uma análise crítica da formação
profissional na área do turismo, onde considerou existir uma grande lacuna. Por
último, António Oliveira das Neves abordou a problemática “Formação Profissional e
Desenvolvimento da Região do Algarve”, contribuindo para uma visão mais global do
tema. Todas estas ideias serviram de ponto de partida para um pequeno debate entre
os presentes.

Em cima da mesa esteve também a análise do ponto da situação do PROAlgarve a 31
de maio de 2002. Foi dada especial atenção à programação, às aprovações e à
execução. Neste capítulo, refira-se que já foram aprovados projectos no valor de
326,1 milhões de euros, quase metade do investimento total previsto para o período
de 2000 a 2006 (728,5 milhões de euros). A execução dos projectos aprovados é de
cerca de 36%.

A Comissão de Acompanhamento, reúne-se duas vezes por ano é o principal órgão de
gestão do PROAlgarve, sendo o responsável pela gestão dos fundos comunitários
para o Algarve.