Notícias

Novo Programa de Cooperação divulgado nas Andalusíadas IV

A IV edição das Andalusíadas realizada em Faro no passado dia 18 de dezembro encheu o Auditório da CCDR Algarve. O presidente da CCDR Algarve, David Santos, o representante da Junta de Andaluzia, Alfonso Garrido e o representante da CCDR Alentejo, Paulo Silva, deram as boas vindas aos cerca de uma centena de participantes no encontro transfronteiriço entre Alentejo, Algarve e Andaluzia.

A par do programa público, centrado sobretudo no futuro da cooperação, decorreu uma reunião de constituição do grupo de trabalho da Euro Região AAA para a RIS3. Sendo a RIS3 por natureza, um exercício de escolhas de prioridades, que cruza o conhecimento com a expressão empresarial das respetivas realidades regionais, importa que destes cruzamentos se possa identificar um conjunto limitado de linhas de intervenção e setores, que se possa vir a entender como linha orientadora para a seleção de operações neste domínio no âmbito do POCTEP. O Algarve propôs nesta reunião a possibilidade de constituição de um Conselho de Inovação tripartido (reunindo Universidades e empresas num número limitado) para desenvolver um trabalho de aproximação conjunta entre as 3 regiões, tendo ficado agendada uma 2ª reunião em Évora para o início de 2015.

No que respeita ao futuro foi divulgado que está para breve a aprovação do novo programa de Cooperação INTERREG – V POCTEP, o qual terá o maior envelope financeiro entre os programas de cooperação territorial. Nas palavras de diversos oradores e ilustres representantes das instituições regionais, as três regiões (Alentejo, Algarve e Andaluzia) são cúmplices perfeitos nesta cooperação onde as parcerias vão crescendo e onde hoje, mais do que nunca, são necessários projetos bons, fortes e estratégicos, alicerçados no conhecimento e capazes de aproveitar com eficácia os recursos disponíveis, ainda que escassos, com o objetivo do bem comum.

John Edwards do Joint Reserach Center defendeu que colaboração e cooperação são sinónimos e que deverão manifestar-se numa atitude inovadora de CO–OPETITION. Aplaudiu a iniciativa das 3 regiões, a de encontrar-se pontos comuns nas respetivas RIS3.

Inovador foi a palavra chave que motivou a escolha dos projetos apresentados como boa prática da cooperação transfronteiriça empresarial e/ou institucional, alguns já com produtos concretos em comercialização como o TASA (ligado ao artesanato ou produtos com potencial de desenvolvimento), como o mapa da Euroaaa, como o website dos Descobrimentos, ou os produtos com vantagens reais na vida dos cidadãos como o cartão de “eurocidadão” na eurocidade do Guadiana.

David Santos, anunciou ainda o início das dragagens no rio Guadiana para desassoreamento tratando-se da realização de uma antiga aspiração da cooperação tranfronteiriça Portugal-Espanha. Para assinalar, também, esta conquista, no final das IV Andalusíadas, foi inaugurada a Exposição de Fotografia “Al Hilo del Guadiana” que poderá ser visitada no R/C da CCDR Algarve até ao dia 31 de Dezembro.

Todas as comunicações apresentadas nas IV Andalusíadas, assim como outras notícias sobre a eurorregião, ou sobre os novos programas de cooperação territorial, podem ler-se na página da euroaaa www.euroaaa.eu e redes sociais ou subscrevendo a newsletter na mesma página.

Última modificação: 
Segunda, 29 Dezembro 2014