Notícias

Como preservar e valorizar as paisagens culturais da Dieta Mediterrânica?

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDR Algarve), o Programa Operacional Regional do Algarve CRESC ALGARVE 2020, o Centro de Informação Europe Direct e o Projeto TASA participam na 5ª edição da Feira da Dieta Mediterrânica, de 7 a 10 de setembro, em Tavira, com um conjunto de atividades para todas as gerações.

Entidade responsável pela dinamização da Comissão Regional da Dieta Mediterrânica, a CCDR Algarve e demais entidades contam com o apoio financeiro do CRESC ALGARVE 2020 na dinamização do Plano de Salvaguarda da Dieta Mediterrânica como Património Cultural Imaterial da Humanidade, envolvendo-se direta e indiretamente na preservação deste património regional indispensável, quer na promoção de projetos de valorização de produtos regionais (artesanato, festividades, gastronomia, tradições, etc.), quer através da prossecução das suas atribuições e competências em matéria de coordenação regional de políticas públicas nos domínios do ambiente, desenvolvimento regional e ordenamento do território e de aplicação dos fundos da União Europeia, no âmbito da estratégia Portugal 2020 - acordo de parceria estabelecido entre Portugal e a Comissão Europeia.

No Ano Internacional do Turismo Sustentável, a CCDR Algarve propõe aos participantes e visitantes uma tertúlia-passeio sobre as Paisagens Mediterrânicas, partindo da Casa André Pilarte, na rua Dom Marcelino Franco, passando depois pelas ruas e calçadas do centro histórico de Tavira, com vista para a ria, arrabaldes da cidade, barrocal e serra do Caldeirão, lá do alto do castelo e do Palácio da Galeria.

A tertúlia-passeio sobre as Paisagens Mediterrânicas realiza-se na sexta-feira, dia 8 de setembro, pelas 16h30 horas, e convidamos especialistas e empresários para partilharem experiências e refletirem sobre a preservação e valorização deste património, respeitando o ambiente, os ecossistemas e as paisagens culturais.

A Arte do Latoeiro está viva e tem pernas para andar!

Promovido pela CCDR Algarve em 2010 e gerido desde 2013 pela Proactivetur, o projeto TASA - Técnicas ancestrais Soluções atuais visa a valorização das artes e ofícios do Algarve e a preservação das mesmas, sempre numa perspetiva de desenvolvimento regional sustentável, também vai estar presente na feira divulgando um novo projeto desenvolvido em parceria com a Freguesia de São Bartolomeu de Messines.

Na Feira da Dieta mediterrânica, serão apresentados os trabalhos efetuados no contexto do projeto «A Arte do Latoeiro», que passou pela formação de cinco pessoas neste ofício já desaparecido em todo o Algarve.

O curso realizado pelo TASA teve lugar em Messines entre março e julho, onde dois mestres latoeiros – António Mestre, de Luzianes (Odemira), e o jovem Rui Santos, de Vila Real de Trás-os-Montes – ensinaram o ofício a cinco aprendizes: David Fernandes, João Cabrita, Miguel Cabrita, Pedro Barbosa e Túlio Martins. Depois, o designer de produto Henrique Ralheta juntou-se ao grupo para, a partir das técnicas e formas tradicionais da latoaria, criar peças contemporâneas, capazes de atrair os compradores atuais e enriquecer o catálogo com novas ofertas de artesanato (www.projectotasa.com).

Centro de Informação Europe Direct presente em Tavira

Aulas em jeito de conversa dinamizada por professores convidados, novidades sobre voluntariado europeu, bebidas com sabor a sul e poesia da cor do sol são algumas das propostas do Centro de Informação Europe Direct onde, todos os dias, às 18 horas, realiza-se a maior aula do mundo, uma proposta da Organização das Nações Unidas para a abordagem dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que é o tema que preferencialmente tratamos nesta feira.

Cada sessão desenrola-se no STAND durante aproximadamente trinta minutos numa sala de aula improvisada em torno de um plasma e de oito cadeiras. A partir de um filme curto sobre os ODS, o «professor» convidado conta-nos da sua experiência e de como a mesma pode contribuir para o cumprimento dos ODS. O ambiente é informal e descontraído e há plena liberdade para todas as intervenções. Todas as aulas são teórico-práticas!

A sessão «Pintar a Europa» realiza-se dia 9, sábado, pelas 10 horas na Sala André Pilarte, tendo como convidado especial a artista plástica Ana Sousa, no mesmo espaço onde iniciará a tertúlia-passeio e estará patente a exposição «Paisagens rurais da Europa», uma seleção de fotografias feitas no âmbito do concurso promovido pela Rede Europeia de Desenvolvimento Rural (REDR), que ficará aberta ao público no horário da feira.

«Europa nas estórias: uma viagem pelo mediterrâneo», ocorre no dia 10, domingo, pelas 15 horas no Largo de brincar, leitura e encenação de lendas do sul da Europa.