Notícias

Barrocal algarvio beneficia de programa de desenvolvimento

Nove meses depois do lançamento do Programa de Revitalização das Aldeias do Algarve, Paderne e Odeleite, duas das 11 localidades abrangidas pelo projecto, têm já concluídas algumas das principais intervenções planeadas ao nível da renovação urbana – reformulação da iluminação pública, da rede de baixa tensão e de saneamento básico, pavimentação, etc.

Investimentos que no total já rondam os 3000.000 € (600 mil contos) e foram esta semana inaugurados pelo Secretário de Estado Adjunto do Planeamento. Ricardo Magalhães presidiu também ao lançamento da discussão pública dos respectivos Planos de Intervenção e afirmou “já não se está a falar de sonhos e de intenções, mas de uma série de acções integradas numa estratégia global que já foi posta em prática e que já está a dar frutos”.

Além de Paderne e Odeleite, este projecto de dinamização do interior algarvio abrange ainda Cacela Velha, Carrapateira, Budens, Caldas de Monchique, S. Marcos da Serra, Querença, Estoi, Cachopo e Vaqueiros.

Esta estratégia de desenvolvimento regional, com um investimento total de cerca de 45.000.000 € (9 milhões de contos), vai intervir sobretudo ao nível da renovação urbana e da qualificação ambiental destes núcleos populacionais, não descurando a valorização do seu património cultural e paisagístico.

Segundo o Presidente da CCRA este é um projecto “de recuperação dos espaços públicos e de construção de equipamentos necessários à transformação e à melhoria das condições de vida das populações do interior”.

Nas próximas semanas serão lançados os Planos de Intervenção das restantes aldeias abrangidas pelo projecto.