Notícias

Ajudar as PME é a missão da Enterprise Europe Network

Não sabe como procurar parceiros internacionais ou como se candidatar a financiamentos da UE?

A Enterprise Europe Network (EEN) pode ajudá-lo e quer certificar-se de que a sua empresa aproveita todas as oportunidades do Mercado Único. Os seus técnicos podem ajudá-lo a encontrar parceiros de negócios internacionais, aconselhá-lo sobre questões tão diversas como a transferência de tecnologia, internacionalização, acesso ao financiamento, propriedade intelectual, legislação e normas da UE, etc. A Enterprise Europe Network (een.ec.europa.eu) é um balcão único para todas as necessidades do seu negócio.

Uma das mais valias desta rede, que agrupa cerca de 600 organismos em 50 países, é funcionar como uma comunidade e uma plataforma de partilha de conhecimentos e, também, estar intimamente ligada à Comissão Europeia, o que lhe permite manter-se a par das políticas da UE e transmitir a Bruxelas os problemas e opiniões das empresas da sua região.

No final do ano, a Enterprise Europe Network encerra um ciclo contratual de dois anos. Nesse âmbito, a CCDR Algarve, parceiro regional desta rede, faz um balanço positivo da atividade desenvolvida em prol das empresas da região, evidenciada por algumas histórias de sucesso como as que se seguem:

Através da Enterprise Europe Network, uma empresa de S. Brás de Alportel consegue acordo comercial com fabricante de melaço da Turquia.

O membro da rede EEN de Antália, Turquia, solicitou ajuda à EEN da CCDR Algarve para encontrar fornecedores de alfarroba em Portugal para um dos seus clientes, fabricante de melaço onde a alfarroba entra como um dos principais componentes.

Nessa mesma altura, EEN da CCDR Algarve participava num painel sobre internacionalização durante as I Jornadas Técnicas Fruteiras Tradicionais do Algarve, que se realizaram na NERA em Loulé, e aproveitou para divulgar o pedido aos vários produtores de alfarroba presentes.

Três empresas algarvias demonstraram interesse imediato. Mas, após troca de emails e envio de amostras do produto, o fabricante turco  selecionou uma empresa de S. Brás de Alportel em função da qualidade do produto e da capacidade de fornecimento de grandes quantidades de alfarroba. Atualmente, a  esta empresa prepara a expedição da sua primeira remessa.

Citando Nuno Gonçalves, sócio-gerente da Nepa Trital Lda:
«Agradecemos o papel importante da Enterprise Europe Network da CCDR Algarve nesta intermediação de sucesso. A venda da alfarroba só foi possível devido ao esforço da EEN na ajuda à nossa empresa, tendo sido realizado um trabalho de excelência em conjunto com os colegas de rede da Turquia. A cooperação entre as duas entidades da Enterprise Europe Network resultou na dinamização da economia local através da exportação de um produto regional algarvio».

A Enterprise Europe Network da CCDR Algarve apoia a estruturação do produto Turismo de Natureza.

O Algarve não é só “sol & praia; Existe uma crescente oferta de turismo de natureza e turismo ativo relacionada com a sua extensa e belíssima costa e as suas áreas protegidas e rurais que é preciso melhorar e divulgar.

Foi com esta certeza que a Enterprise Europe Network da CCDR Algarve reuniu 70 empresas e organizações ligadas ao setor do eco-turismo no encontro empresarial que decorreu em Aljezur, em paralelo com a I Bienal de Turismo de Natureza 2014 (BTN 2014), iniciativa promovida pelas associações Vicentina, In Loco e Terras do Baixo Guadiana e que contou com o apoio da ATA e da RTA.

Além de ter proporcionado cerca de duzentas reuniões de negócio (B2B) previamente agendadas entre operadores turísticos nacionais e internacionais, unidades de alojamento rural, empresas de animação turística e organismos ligados a este produto turístico, o evento serviu também para as empresas regionais estabelecerem ou reforçarem parcerias duradouras entre si, com vista à estruturação do segmento de turismo de natureza no Algarve.

As palavras de apreço de Aura Fraga, vice-presidente da Vicentina, deixam antever a repetição desta iniciativa:

“No rescaldo da BTN, venho agradecer o empenho com que a Enterprise Europe Network organizou as reuniões B2B que decorreram durante a BTN’14 emprestando-lhe redobrado valor e contribuindo muito para o seu sucesso. Todos os expositores e empresas que participaram manifestaram apreciações muito positivas sobre a pertinência e organização destas reuniões. Consideramos ser uma prática a integrar e aprofundar em posteriores iniciativas.”

O feedback recolhido pela EEN junto dos participantes do encontro empresarial confirma que 19 empresas já estabeleceram acordos de cooperação e que 31 prevêem chegar a um compromisso desse tipo. E, o seu testemunho é o corolário do trabalho desenvolvido pela Enterprise Europe Network: 

“Para primeiro ano de organização de BTN, penso que tenha sido uma boa oportunidade de desenvolvimento de contactos para todas as entidades (pequenas, grandes e médias) que desenvolvem actividade neste nicho de mercado que cada vez mais vem dando sinais de evolução (principalmente birdwatching, cicloturismo e walking-tours). De entre as entidades com que nos reunimos surgiram potencialidades de negocio ou sinergias com 11”. Manuel Silva Santos – Grupo Pestana – Pestana Hotels & Resorts | Pousadas de Portugal

Prioridades para o biénio 2015-2016

A partir de Janeiro 2015 inicia-se um novo ciclo contratual e novas competências para a Enterprise Europe Network no âmbito do COSME, Programa para a Competitividade das Empresas e das Pequenas e Médias Empresas, que, segundo estimativa da Comissão Europeia, deverá apoiar, em média e por ano, cerca de 39 000 empresas, ajudando a criar e/ou salvaguardar 29 500 empregos.

Para o próximo biénio, as prioridades da Enterprise Europe Network da CCDR Algarve são o acesso aos financiamentos europeus e o apoio à internacionalização e à capacidade de inovação das PME algarvias. Os seus serviços são gratuitos e estão ao dispor através dos seguintes contactos: Tel. 289 895 270, email: eenetwork@ccdr-alg.pt, ou, ainda, mediante agendamento de reunião ou de visita às empresas.  

Última modificação: 
Segunda, 5 Janeiro 2015