Proponente
Infraestruturas de Portugal, S.A.
Licenciador
IP, S.A. , por delegação de competências do Ministério do Planeamento e Infraestruturas, conforme Decreto-Lei nº 91/2015, de 29 de maio

O projeto tem como objetivo aumentar a competitividade e sustentabilidade deste corredor horizontal e melhorar o arco metropolitano do Algarve, tratando-se de uma intervenção estratégica para o sector do turismo nacional.  Visa assim potenciar as condições de exploração da via férrea, num contexto de viabilidade do sistema ferroviário não dependente de combustíveis fosseis. Para além da eletrificação dos troços Tunes-Lagos e Faro–Vila Real de Santo António, está prevista a ampliação da Subestação de Tração Elétrica (SST) existente em Tunes e a instalação de uma nova SST em Olhão, bem como a ligação desta nova SST à rede elétrica nacional (alimentação elétrica).

Imagem Media
Qui, 2019-12-12 14:50
daria
consulta opacidade
Imagem
consulta opacidade
Data
Qui, Dez 5 2019 - Sex, Jan 17 2020, All day